Arquivo mensal: junho de 2015

Crianças e histórias: uma relação para a vida!

Momento de leitura 2Sabemos que a narração de histórias é importante para as crianças porque percebemos o quanto elas gostam desses momentos. Sentimos o interesse que vai sendo construído à medida que a leitura se estabelece no cotidiano de suas vidas. Quando as crianças recontam as histórias desenvolvem a oralidade. Ao folhear os livros, entram em contato com a língua escrita.

Balão Dúvida p

  • Mas como acontece a relação entre crianças e histórias?
  • Como podemos contribuir para construir o prazer nessa relação?

 

seta horizontalO a 12 meses

Até um ano as crianças gostam de livros que possam sacudir, fazer sons, morder, agarrar, sentir texturas e apertar. Para elas, os momentos de leitura podem ser diários. Nunca é cedo demais para ler para os bebês! Os momentos de leitura nessa fase contribuem para a construção do amor pelos livros. Os pequenos adoram ouvir a voz de seus cuidadores, sentar no colo e mergulhar na aventura da história com ótimas companhias. Essa escuta e as conversas que podem surgir favorecem o aprendizado das palavras. Quando completam um ano, os bebes podem arriscar falar uma ou duas palavras. Continue lendo..

Postado em Campos de Experiências | Tags , , | 1 Comentário

Brincadeiras de infância na Av. Paulista com a equipe do LUME Teatro

No próximo final de semana o grupo teatral leva brincadeiras de infância para a esquina do Instituto Itaú Cultural, na Avenida Paulista, com oficinas e espetáculos dedicados ao público de todas as idades. Neste mesmo final de semana a Casa do Brincar convida as crianças para correrem e pularem com as brincadeiras de rua.

No dia 27 de junho, com a coordenação do ator e pesquisador Jesser de Souza, do LUME Teatro, acontece, no programa Fim de Semana em Família, do Instituto Itaú Cultural, a oficina Vivência de Jogos Interativos. A atividade parte de exercícios lúdicos práticos e corporais, convidando os pais e filhos a conhecer alguns jogos e dinâmicas de grupo aplicadas em treinamentos de atores. A atividade está marcada para as 14h30.

La ScarpettaNo domingo 28 de junho, a Rua Leôncio de Carvalho (travessa da Av. Paulista) transforma-se em Se essa rua fosse nossa, que começa com muito humor e alegria com o palhaço Teotônio, personagem da peça La Scarpetta. Em dois horários (às 11h e às 15h30), ele apresenta seu Spettacolo Artistico com números de magia, equilibrismo, contorcionismo, música e acrobacia com ovos, provocando e surpreendendo o público que vê surgir diante de si o caos. Com grande vivacidade o jogo de Teotônio é contagiante. Uma demonstração do potencial de guerrilha do palhaço com seu subversivo poder de transformação. Encenado por Ricardo Puccetti e dirigido por Nani Colombaioni, o fantástico palhaço italiano, foi colaborador do cineasta italiano Federico Fellini. Esse espetáculo fala também da própria figura do palhaço, que trabalhando com fracassos, transforma seus erros em arte.

Para o dia ficar ainda mais animado, a partir das 12h, os educadores da Casa do Brincar convidam todos os visitantes a conhecerem ou relembrarem as brincadeiras de infância de rua, com brincadeiras como rouba bandeira, pula corda, cabra cega, mãe da rua, amarelinha e muito mais. Às 13h, o LUME promove a oficina Famílias em roda: corpo e expressão com LUME Teatro, ministrada, também, por Jesser de Souza. Dessa vez, ele propõe uma vivência coletiva aberta ao público diverso, com foco na interação(,) e na expressão corporal individual e em grupo.

A Feirinha de Troca de Livros, CDs e DVDs e o Cantinho da Leitura estarão presentes nos dois dias no Piso Térreo do instituto, com tablets com acesso ao site infantil O Mundo de Bartô, o ratinho especialista em cultura e dicas para as crianças e os pais.

 Programação

 Dia 27 de junho

  •  Fim de Semana em Família – Oficina Jogos Interativos, com Jesser de Souza, do LUME Teatro, às 14h30, Piso 1S, duração: 90 minutos, classificação livre, entrada ranca
  • Feirinha de Troca de Livros, CDs e DVDs e o Cantinho da Leitura,  de 14h às 16h, piso térreo, classificação livre, entrada Franca

Dia 28 de junho

  •  Se essa rua fosse nossa – La Scarpetta, direção de Nani Colombaioni, LUME de Teatro, às 11h e às 15h30, duração: 60 minutos cada apresentação, classificação livre, entrada franca, Rua Leôncio de Carvalho, esquina com avenida Paulista
  •  Oficina Famílias em roda: corpo e expressão, com Jesser de Souza, do LUME Teatro, às 13h, duração: 60 minutos, classificação livre, entrada franca, Rua Leôncio de Carvalho, esquina com avenida Paulista
  • Brincadeiras de rua, Casa do Brincar, de 12h às 16h, classificação livre, entrada franca, Rua Leôncio de Carvalho, esquina com avenida Paulista
  • Feirinha de Troca de Livros, CDs e DVDs e o Cantinho da Leitura, de 11h às 17h, piso térreo, classificação livre, entrada franca.

 Mais informações

Itaú Cultural

barrinha colorida fininha

LUME Teatro

Coletivo de sete atores que se tornou referência internacional para artistas e pesquisadores no redimensionamento técnico e ético do ofício de ator. Ao longo de quase 30 anos, tornou-se conhecido em mais de 26 países, criou mais de 20 espetáculos e mantém 14 em repertório, com os quais atinge públicos diversos de maneiras não-convencionais. O grupo difunde sua arte e metodologia por meio de oficinas, demonstrações técnicas, intercâmbios de trabalho, trocas culturais, assessorias, reflexões teóricas e projetos itinerantes, que celebram o teatro como a arte do encontro.

Casa do Brincar –  espaço dedicado a desenvolver e realizar atividades lúdicas para as crianças.

Postado em Acontece | Tags , , , | Clique para deixar um comentário!

Registro fotográfico: muito mais do que documentar!

crianças e tecidoUma imagem vale mil perguntas!

Disse, no 18o Seminário de Educação Infantil, André Carrieri, consultor de Educação e Comunicação.

Essa frase inspirou a preparação de material para reunião de reflexão com professores em formação.

Para elaborar o material utilizamos as fotografias das propostas de atividades desenvolvidas em sala, com professores e suas turmas, na etapa das práticas da formação em serviço.

REolhamos, selecionamos, recortamos e remontamos as fotos e vídeos para despertar nos professores olhares amplos, investigativos e curiosos sobre o que aconteceu naqueles momentos.

Esse processo de reflexão sobre o registro e avaliação do que aconteceu, fez brotar muitas constatações inéditas e … um sem número de perguntas! Continue lendo..

Postado em Registros e Documentação | Tags , , , | 1 Comentário

Uma conversa com Anna Marie Holm: arte, natureza e a poesia da infância

A vinda da artista (e educadora, apesar de ela própria não se descrever assim!) Anna Marie Holm para São Paulo, marca a primeira celebração de aniversário do Ateliê Carambola, a escola de Educação Infantil da educadora Josiane Del Corso.

Ação artística livro Eco-arte Anna Marie Holm

 Nós construímos espaço para a brincadeira, para a poesia. Aerodesenhos

Num encontro no MAM – Museu de Arte Moderna, São Paulo, a arte-educadora dinamarquesa começou sua conversa com o público presente já anunciando que não queria perguntas, mas diálogos! E assim Tempo de Creche acompanhou sua conversa sobre seu diálogo com os materiais, os lugares e as crianças dinamarquesas com as quais trabalha. Continue lendo..

Postado em Criança e Natureza, Linguagens Expressivas, Palavra de... especialista | Tags , , , , | 3 Comentários

Projeto “A Arte pinta na Festa Junina”

Na segunda parte da postagem sobre a cultura das Festas Juninas, vamos pensar a prática para tornar a celebração um projeto voltado para as crianças.

Ao trabalhar o resgate de memórias e a introdução do tema para os pequenos, a festa já passa a fazer parte do contexto da instituição e a decoração, a culinária, a música, a dança e as brincadeiras podem começar a ocupar o planejamento das propostas.

Balão numero 1DECORAÇÃO DO AMBIENTE E ALEGORIAS

Sabemos que com a proximidade da festa, seja ela comemorada com pais e comunidade, seja internamente, vem aquele comichão de decorar o espaço com tudo de típico e lindo que se puder fazer e comprar.

Obra Aracy

Mas, nesse momento, devemos ter em mente o significado do que vamos colocar festa nas paredes da creche.

  • Decoração do ambiente

O educador Loris Malaguzzi (Reggio Emilia) já dizia que as paredes da escola falam!

  • O que queremos que elas comuniquem?
  • O empenho, as escolhas e o talento para o artesanato decorativo da equipe pedagógica?
  • Ou, a fala das paredes da creche deve traduzir a expressão das crianças que ela abriga?

Continue lendo..

Postado em Campos de Experiências, Manifestações Culturais, Planejamentos e Atividades | Tags , , , | 4 Comentários

Passeando pela cultura: descobrindo a festa junina!

FestaS JuninaS, no plural, porque são muitas! São diversificadas e são de cada um, de cada memória, de cada história. Festa Junina no Brasil é cultural. Que bom!

Obra Rodrigues Lessa 2

Trabalhar esse tema com as crianças mantendo uma abordagem cultural dá uma sensação de consistência à proposta, não?

E por isso, que tal colocarmos uma roupa de projeto na abordagem dessa celebração para construir com as crianças um repertório cultural interessante e compatível com as tradições e costumes das famílias da comunidade?

Vamos falar da festa e como ela é celebrada regionalmente, algumas músicas e cantigas, as danças a comida e a decoração. É muito assunto! Dá para começar agora e, dependendo do interesse da turma, ultrapassar a própria comemoração! Continue lendo..

Postado em Campos de Experiências, Manifestações Culturais, Planejamentos e Atividades | Tags , , , | Clique para deixar um comentário!

Afinal, o que é Arte na Educação Infantil?

O caminho de uma experiência de formação com professores de creche e suas crianças nas atividades de artes visuais, revelou questionamentos que provavelmente acompanham professores de outras creches. Que tal se dividíssemos nossas reflexões aqui? 

Balão na PráticaApós quase um ano de formação, qualificando o atendimento da creche, adequando os serviços e trabalhando a transição para tornar-se uma creche conveniada à prefeitura, chegamos à etapa de desenvolver conteúdos pedagógicos específicos em serviço, com cada educador e sua turma. As professoras do berçário tinham dúvidas sobre o que trabalhar na linguagem de artes visuais com crianças tão pequenas.

Lançado o desafio, trouxemos uma proposta chamada Arte e os Sentidos e na primeira atividade: EU APERTO, ESPREMO E SINTO TEXTURAS: MELECAS, BEXIGAS E RECHEIOS.

Atividade Melecas bexigas e recheios - organização do espaço

Deixamos a sala com espaço livre, colocamos uma lona plástica no chão e sobre ela dispomos em um canto bandejas com meleca de amido coloridas (veja receita abaixo), cumbuquinhas e pazinhas. Em outro canto, colocamos bacias com pequenas bexigas coloridas, algumas cheias com um pouco de farinha e outras com um pouco de água. Continue lendo..

Postado em Campos de Experiências, Linguagens Expressivas, Planejamentos e Atividades | Tags , , , | 7 Comentários

Curso: O Brincar e a Inclusão

A conscientização da importância do brincar para crianças de o a 3 anos passa pela diversidade e pela inclusão das crianças com deficiência. A equipe da HUMANAI fará um curso para aprofundar este tema, no dia 13/06, em São Paulo.

Humanai - O Brincar e a Inclusão

Postado em Acontece | Tags , , , , | 2 Comentários