Festival de teatro para bebês

E bebê entende de teatro?
E se for uma peça desenvolvida especialmente para os mais pequeninos?
Esta é uma dica de passeio imperdível para fazer com os bebês de São Paulo e ficar antenado quando surgirem oportunidades em outras cidades.

O grupo teatral Sobrevento promove o Primeiro Olhar – V Festival Internacional de Teatro para Bebês. Esta é quinta edição deste festival que reúne artistas do Brasil, da Espanha e do Chile, todos especializados em peças de teatro para um público mais do que especial: bebês entre seis meses e três anos de idade.

AchadourosEntre as peças encenadas está Achadouros, inspirada em Manoel de Barros, onde as atrizes desenvolvem um passeio pela manipulação de objetos, pela coreografia e pela sonoridade rítmica e musical. A montagem com ventiladores, pequenas estruturas de madeira e muitas – muitas! – sacolas plásticas brancas, surpreendem com uma sucessão de pequenas descobertas estéticas e sensoriais. O foco em todas as montagens é a relação com o meio ambiente. Achadouros conta com direção de José Regino e atuação de Caísa Tibúrcio e Nara Faria.

Crianceiras Bebê, espetáculo cênico-musical, concebido pelo músico Márcio de CrianceirasCamillo, também parte da obra de Manoel de Barros e se inspira nas iluminuras da artista plástica Martha Barros. As cenas são construídas na brincadeira dos intérpretes com a palavra do poeta, musicadas com imagens. Delicadamente, no desenrolar das intrigas, surgem curiosos personagens, Bernardo, Sebastião, Caranguejo Se Achante, Sombra-Boa, e outros. Com a estética de Teatro de Animação, o espetáculo Crianceiras, une o teatro, cinema de animação, música, tecnologia digital e literatura, fazendo uma ponte entre a obra poética e a infância. Crianceiras tem direção de Luiz André Cherubini.

Nessa temporada o Sobrevento também apresentará sua nova criação, Terra, e os dois primeiros espetáculos de seu repertório para bebês: Bailarina e Meu jardim.

A bailarina

Em Bailarina o grupo cruzou o tema trabalhado com o Teatro Objeto, através da utilização central de uma caixa de música e de colares, que foram adquirindo diferentes funções poéticas na encenação. O resultado é um espetáculo muito íntimo e delicado, com a comunicação com o público dando-se pelo uso de silêncios, ações físicas, utilização de objetos, valorização das mínimas ações, que, na relação com a primeira infância, tomaram uma dimensão muito maior.

Com criação, direção musical e cenografia de Luiz André Cherubini, a peça remete a uma caixa de música, elemento central do espetáculo.

Meu JardimEm Meu Jardim, um viajante entediado em meio ao deserto decide criar um jardim. Mas como fazê-lo? A partir do texto da autora belga, de origem iraniana, Mandana Sadat, nasce um espetáculo que fala de esperança, sonho, desejo e da possibilidade de transformar o mundo, numa paisagem que poderia ser do Irã ou do Brasil. A montagem utiliza elementos visuais e sonoros próprios da cultura brasileira, que a aproxima da cultura iraniana e que, curiosamente, parecerão familiares a cidadãos de todo o mundo.

No V Festival Internacional de Teatro para Bebês também está presente a Cia La Casa Incierta, Espanha, com o espetáculo Quem era eu antes de ser eu e a Cia. Manada, Chile com Vaga-Lumes. La Casa Incerta é parceira do Grupo Sobrevento na construção de espetáculos para bebês.

O Festival acontecerá em duas temporadas, uma em São Bernardo do Campo e outra em São Paulo. Os locais serão adaptados para receber bebês e famílias. Contarão com assentos especiais para os bebês, trocadores, assentos sanitários infantis e brinquedoteca, além de um estacionamento para carrinhos de bebê. Os espetáculos têm duração de 30 a 45 minutos. Com capacidade de 80 lugares, os espetáculos destinam-se à faixa etária dos bebês de 6 meses a 3 anos de idade, acompanhados (40 lugares para bebês e 40 lugares para acompanhantes, por sessão).

Mais informações 

Primeiro Olhar – V Festival Internacional de Teatro para Bebês
Recomendado: 6 meses a 3 anos

1ª temporada – de 13 de agosto a 4 de setembro

→  Centro Livre de Artes Cênicas/CLAC
→  Praça São José, 240 – Baeta Neves – São Bernardo do Campo, SP
→  Telefone: 11. 4125-0582
→  Entrada franca
→  Os ingressos são distribuídos uma hora antes de cada sessão

2ª temporada – de 20 de agosto a 4 de setembro

→  Espaço Sobrevento
→  Rua Coronel Albino Bairão, 42, Metrô Bresser-Mooca, São Paulo, SP.
→  Telefone: 11. 3399-3589
→  Os ingressos são distribuídos meia hora antes de cada sessão
→  É recomendável fazer reserva pelo e-mail info@sobrevento.com.br.

Para saber mais

A programação do Primeiro Olhar – V Festival Internacional de Teatro para Bebês  consta ao todo de:

 26 apresentações
→  2 exposições interativas
→  1 oficina de Teatro para Bebês, direcionada a artistas e educadores
→  1 mesa-redonda com o tema Arte na Primeira Infância
→  
Apresentação do documentário O Começo da Vida, de Estela Renner.

Mais informações sobre toda a programação leia em  http://www.sobrevento.com.br/noticias.htm

O projeto é realizado com o apoio da Prefeitura de São Bernardo do Campo e do Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

 

Grupo Sobrevento – Grupo de Teatro brasileiro que se dedica à pesquisa da linguagem teatral. Considerado, internacionalmente, um dos maiores expoentes brasileiros do Teatro de Animação, desenvolve, desde 1986, um trabalho contínuo que envolve a apresentação de espetáculos, realização e curadoria de Festivais e eventos, além de diferentes atividades de formação e difusão do Teatro de Bonecos.

Postado em Acontece e tags , , , . Marcado com permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *