Therezita Pagani e a criança na pesquisa manual, corporal e sensorial.

No filme Semente do Nosso Quintal, de Fernanda Heinz Figueiredo e no livro De volta ao Quintal Mágico, da jornalista Dulcilia Buitoni, fica muito claro toda a preocupação da educadora Therezita Pagani com a liberdade do brincar da criança.  Tempo de Creche conversou com Therezita durante o Ciranda de Filmes 2015.

Tempo de Creche – Quando apresentamos seu trabalho durante as formações, marca muito as educadoras a questão da liberdade e da autonomia que as crianças da Te-Arte tem ao escolher as brincadeiras, os materiais, conviver com as diferentes idades e a estrutura de não amarrar as crianças em turmas. Você pode falar sobre essa crença?

TherezitaTheresita – Eu acredito neste simples.

Toda a criança não nasce sozinha. Ela nasce em uma família, que pode ser lúdica, pode não ser lúdica, mas ela tem como essência a necessidade de pesquisa manual, corporal e sensorial o tempo inteiro.

Se ela vive num ambiente em que não pode fazer nada, ou é mimada demais, ou tem um colo o tempo inteiro, ou não precisa falar mais que ãhh. Ela faz ãhh, (indicando o que quer) e alguém dá para ela, ela se prejudica em virtude do mimo excessivo das pessoas, que acham que isto é dar liberdade ou acolhimento. (Penso que é) o contrário, isso é matar todas as possibilidades da criança ser lúdica.

Entrevista Therezita

Therezita Pagani, criadora da escola Te-Arte, acredita que os pais dos grandes centros têm se esquecido das práticas educativas que proporcionam aos filhos a oportunidade de viver usando como elemento a natureza, a arte e a cultura popular. Para ela, a escola deve fornecer elementos, estímulo e apoio para a brincadeira, uma forma de educação que respeita o ritmo e a necessidade da criança.

Balão Para Saber MaisConheça mais do pensamento de Therezita Pagani no vídeo Sementes do nosso Quintal, de Fernanda Heinz Figueiredo, e na postagem no Tempo de Creche Sementes do Nosso Quintal – um filme lindo e um ótimo recurso para reuniões e paradas pedagógicas. O trabalho da Therezita Pagani é uma das crenças da equipe do blog.

Leia também o depoimento de Renata no post Renata Meirelles fala sobre tanque de areia e do tempo de brincar.

 

 

Postado em Campos de Experiências, Palavra da prática e tags , , , , , , . Marcado com permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *