Portfolios: histórias da vida real

Registros organizados sobre o percurso das pesquisas e das descobertas da turma são geralmente chamados de portfolios. Realizados nos mais diversos formatos, como pastas, cadernos, arquivos digitais, cartazes e outros, esses apontamentos narram para as famílias e para a gestão da instituição a história vivida pelas crianças ao longo do ano. Mas será que é só isso?

Essa documentação pedagógica – que é a elaboração dos registros com um foco específico – é feita somente para prestar contas?

Portfolio Profa Milene

Na EMEI Nelson Mandela, em SP, a diretora Cibele Racy construiu com sua equipe uma rotina para elaborar o portfolio de cada turma com registros semanais dos acontecimentos, do andamento dos projetos, dos interesses e dos desdobramentos das aprendizagens das crianças.

Até aí, sem nenhuma novidade!

Portfolio Profa Luana EMEI Nelson MandelaMas esse documento, que chega ao final do ano com mais de 40 páginas, é feito junto com as crianças.

Como protagonistas de uma história coletiva, crianças e professores refletem sobre o que aconteceu na semana, escolhem os fatos mais marcantes e, junto com a professora, definem os registros que devem compor a página do portfolio. Segundo Cibele, as professoras planejam a elaboração da página, conversam com as crianças, perguntam o que pode ser feito para ilustrar o momento vivido (por meio de fotografias, registro de falas, produções já prontas ou a serem realizadas), reúnem os elementos apontados pelas crianças e, num momento da semana (45 minutos) finalizam a construção da página. São utilizados desenhos, pinturas, textos, fotos, bilhetes, papeis coloridos, laços, barbantes e outros materiais significativos e que deixam o material gostoso de olhar, de lembrar e de conhecer.

Portfolio Profa Milene EMEI Nelson Mandela

Nesse processo a professora reflete, cria e aprende com sua prática. Revê a jornada do grupo semana a semana. Organiza os registros da turma aos poucos e chega no final do semestre sem atropelos para compor o relatório. Vive a sua história profissional e aprende cada vez mais sobre as crianças.

Portfolio Profa Kamila EMEi Nelson MandelaEsses livros de histórias reais, caprichados e deliciosos de se folhear, ficam disponíveis para as famílias, para a gestão, para os colegas de equipe e, especialmente para as crianças que retomam aquilo que viveram, reelaboram as aprendizagens, criam novas conexões e se identificam com o grupo e com a instituição.

Cibele coleciona os portfolios de cada turma. Revê, estuda e compartilha as questões com a equipe. Assim, a instituição também conquista uma história coletiva, um jeito de fazer que revela aquela equipe. Um jeito de EMEI Nelson Mandela.

Portfolio Profa Milene EMEI Nelson Mandela 2

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

PARA SABER MAIS…

Leia mais sobre Documentação Pedagógica e sobre a EMEI Nelson Mandela nas postagens:

Postado em Registros e Documentação e tags , , , , , . Marcado com permalink.

5 Comentários para Portfolios: histórias da vida real

  1. Estou amando cada postagem.
    Tenho a cada dia aprendido mais, e entendendo
    que tudo que fazemos na educação infantil tem que ter sentido pra
    criança ,e o professor tem que entender o quê e para quê esta aplicando qualquer que seja a atividade.
    Na educação infantil, tudo tem que ter sentido , tudo tem que ter propósito e objetivo.
    Amo Educação Infantil!

  2. Luana Gisele Dapper diz:

    Boa tarde, quais seriam as sugestões de documentação pedagógica para bebês, visto que os mesmos não participam ativamente da construção de um portfólio e acaba sendo muito o olhar da professora para este registro? Como fazer algo mais suave e não um preenchimento de folhas, que seja ao mesmo tempo prático e significativo para todos os envolvidos? Esta é uma temática de estudo que está ocorrendo na escola onde trabalho com uma turma de crianças de 5 a 11 meses.
    Luana

    • Olá, Luana. Obrigada pelo retorno. Questões bastante pertinentes as que você coloca. É realmente o olhar da professora que interpreta os desejos e as necessidades dos bebês e das crianças bem pequenas. O que acha de compartilhar com nossos leitores o que estão debatendo com o estudo? Abraço.

    • Luana, você conhece o livro Bebês na Escola, de Rosana Cairuga et al. (Orgs.)? Ele traz uma orientação sobre esse tema e exemplos. Consulte em http://www.editoramediacao.com.br. Um abraço!

    • Catarina de Fátima Peres Lemos diz:

      Boa dia, amei a proposta sou professora da educação infantil , sempre registro as atividades das crianças em mural para as famílias acompanhar, gostei muito da ideia do registro em um caderno refletindo a proposta das atividades como aprendizagem para o professor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *