Arquivo da tag: manifestação cultural

Como trabalhar as manifestações culturais brasileiras com os pequenos?

Numa conversa com a professora Deise Miranda Barbosa descobrimos alguns personagens dos folguedos que se aproximam das crianças da creche e compreendemos que as manifestações culturais brasileiras enriquecem os enredos das brincadeiras, valorizam a cultura e perpetuam as tradições.

Tempo de Creche – Conte um pouco como você descobriu a relação da Cultura popular com a infância?

Deise – Eu era professora de uma turma de Educação Infantil e também fazia parte do Pé no Terreiro, um grupo de danças brasileiras, que estava estudando o Cacuriá, uma dança maranhense.  Foi quando eu comecei a observar que estas danças eram brincadeiras. Levei a dança para a sala como um momento de brincadeira.

Observando as crianças brincarem, percebi que a dança funcionava, tornando-se um brincar com o corpo, com a cultura popular, num diálogo com as danças contemporâneas.

Bumba meu boiA proposta tinha os mesmos resultados com o Bumba meu boi e com o Maracatu, porque essas manifestações têm um lugar no faz de conta, universo próximo ao da criança, com suas roupas específicas, fantasias, personagens, falas de bichos, roda…, vários elementos das brincadeiras tradicionais das crianças.

Esses folguedos se aproximam do brincar da criança  porque inspiram a transformação em personagens. Quando um brincante do Cacuriá está brincando com a música do caranguejinho, e faz o gesto de tirar o caranguejo do pé do colega, ele está de fato tirando o caranguejo na imaginação, apesar de não ter nenhum caranguejo real ali.

Nesta faixa etária a criança acredita mesmo na imaginação. Muitas vezes ela nem separa o que é imaginação do que é real, como os brincantes da cultura popular, crianças, adultos, idosos, que, enquanto brincam, vestem o personagem. É esta crença no personagem que aproxima os dois universos.

Tempo de Creche – No que você embasa o seu trabalho com a cultura popular?

Deise – Em três frentes: cultura popular, dança contemporânea e suas improvisações e brincadeiras tradicionais da infância. Estes três lugares dialogam com o universo da brincadeira. Percebi que a criança que está brincando, está dançando.
Continue lendo..

Postado em Ampliação Cultural | Tags , , , , | 2 Comentários

Cultura brasileira na Educação Infantil: como fazer essa conexão?

 

Ano vai, ano vem, as questões que envolvem a cultura na Educação Infantil trazem reflexão, discussão, conteúdos estimulantes e também certos desconfortos. Trouxemos as palavras da educadora Tania Fukelman Landau, que valoriza o território cultural no trabalho de formação que realiza nas creches, da educadora Cibele Racy, que coloca em prática uma intensa vida cultural na EMEI Nelson Mandela, SP, sob sua direção há mais de 12 anos, e da arte-educadora e brincante, Rosane Almeida, cofundadora do Instituto Brincante, SP.

aula de jongo

Tempo de Creche – Qual deve ser o olhar da Educação Infantil para Cultura?

Cibele – Compreendemos hoje que a escola não pode ser um território apartado de seu contexto histórico e social e dessa forma não poderia estar distante das mais diversas formas de expressão cultural, sendo por si só uma delas. Não se trata apenas de reproduzi-las no contexto escolar, mas inseri-las como objeto de estudo e trabalho no currículo da unidade. Continue lendo..

Postado em Ampliação Cultural | Tags , , , , , , | 1 Comentário

Lançamento: “Povos Indígenas no Brasil Mirim”

Com o sugestivo nome: “Povos Indígenas no Brasil Mirim”, o Instituto Socioambiental publicou um livro dedicado a todas as crianças sobre alguns dos 248 povos indígenas que vivem atualmente no Brasil. Com informações detalhadas a publicação vem enriquecer o conhecimento, despertar e aproximar nossas crianças de uma realidade importante e ainda tão desconhecida. O livro apresenta ilustrações e fotografias de diferentes povos indígenas, além de textos em linguagem acessível.

livro Povos Indígenas no Brasil Mirim

Muitos dos hábitos, palavra e alimentos que hoje fazem parte do dia a dia de todos nós tem sua origem nas culturas indígenas. O que sabemos das tradições culturais destas comunidades?

O que pode ser desenvolvido com o tema? Como aproveitar as possibilidades?

O importante é se preparar: pesquisar e aprofundar seu conhecimento nos diferentes aspectos: cultura e hábitos, alimentos e moradia, locais em que vivem, brinquedos e brincadeiras etc..

Balão-Para-Saber-Mais

Instituto Socioambiental

  • http://www.socioambiental.org/pt-br
  • https://www.facebook.com/institutosocioambiental/?fref=ts

Que aprofundar a pesquisa, acesse nossas postagens:

Pode pesquisar mais em:

  • Daniel Munduruku – É um escritor e professor brasileiro. Pertence à etnia indígena mundurucu. Histórias de Índio é um de seus livros.
    http://www.danielmunduruku.com.br/
  • Netuno Borun Krekmun – tem um blog e notícias atualizadas
    http://blog-do-netuno.blogspot.com.br/2010/09/pinturas-indigenas-e-seus-significados.html
  • Museu do Índio – um museu de saberes e de rituais
    http://www.museudoindio.gov.br/
Postado em Acontece, Ampliação Cultural | Tags , , , , , , | Clique para deixar um comentário!