Território do Brincar – num filme de brincadeiras, dicas para brincar com os olhos e o coração!

Filme Território do BrincarNa abertura da mostra de cinema com foco na infância, Ciranda de Filmes 2015, pudemos conhecer o Território do Brincar de Renata Meirelles e David Reeks. Uma poesia cinematográfica que atiça os diversos sentidos dos entusiastas da infância. Com fotografia precisa e encantadora, os olhos se enchem de beleza. A edição sensível conversa com a nossa memória e a trilha sonora sedutora do Grupo Uakti embala uma viagem para outros mundos e para o nosso próprio.

O filme vale ser visto e discutido em encontros de educadores e numa conversa de colegas no final de semana.

Entre as dezenas de brincadeiras mostradas pelas crianças filmadas por todo o Brasil, pudemos destacar três adequadas e desafiadoras para o universo da Educação Infantil.

Barquinho de Isopor

Barquinho de Isopor Tempo de Creche

Crianças da Bahia, simplesmente espetavam um palito ou um graveto num pedaço de isopor ou bandejinha de supermercado e, colocando um recorte de papel no graveto, faziam um barco que flutuava na beira mar ou numa poça d’água rasa.

Que tal fazer este brinquedo com as crianças? Os pequenos podem contribuir pintando ou desenhando as velas. Depois, é só arranjar algumas bacias ou tabuleiros com um pouco de água e lançar-se na aventura aquática!

Pipa de Varinha

Pipa de Varinha Tempo de CrecheJá pensou numa pipa que voa mas não precisa ser içada? Algumas crianças inventaram uma pipa amarrada numa varinha, que pode ser de bambu ou de graveto flexível. Aí é só agitar a varinha para ver a pipa voar prá lá e prá cá, quase igual a uma pipa solta no céu.

A pipa pode ser construída da forma delicada, tradicional, com papel de seda e varinhas, ou pode ser de papel sulfite decorada. Basta colar a rabiola numa ponta da pipa, um barbante de aproximadamente um metro na outra, amarrá-lo na extremidade da varinha e balançar.

Carrinho de Lata

Carrinho de lata Tempo de Creche

Já percebeu como os pequenos gostam de puxar objetos amarrados em barbantes? Quando fazem barulho então…! A brincadeira de alguns meninos do Ceará é passar um fio por uma lata cilíndrica com abertura nas duas extremidades, amarrar e sair puxando. Veja a figura para entender como organizar essa brincadeira simples, tradicional e divertidíssima. As latas podem ser decoradas com fita adesiva colorida ou ficar “ao natural”, como as do filme. Pedrinhas e sementes podem aumentar a sonoridade do movimento.

Carrinho de Lata Território do Brincar

Nas palavras do Território do Brincar, a explicação dos Carrinhos de Lata dos meninos de Tatajuba, Ceará:

Bem fácil de construir e ótimo para brincar, o carrinho de lata é sucesso entre os meninos de Tatajuba – CE.

Arranjar uma lata, um arame e um fio.

Em seguida furar os dois lados da lata.

Encher a lata com areia.

Atravessar o arame entre os furos e amarrar uma linha nas extremidades dos arames.

Ficou inspirada? Então informe-se se o filme vai passar na sua cidade e organize seu planejamento para incluir estas brincadeiras tradicionais e comprovadamente divertidas!

barrinha colorida fininha Balão Para Saber MaisTempo de Creche falou sobre:

O filme Sementes do nosso quintal, também da Ciranda de Filmes 2014 e da Renata Meirelles em entrevista e no lançamento do livro Cozinhando no quintal.

Também abordamos o assunto da importância do cinema na formação de professores numa conversa com Patricia Durães, uma das organizadoras do Ciranda.

Postado em Ampliação Cultural, Brincar e Aprender, Planejamentos e Atividades e tags , , , . Marcado com permalink.

Comentários para Território do Brincar – num filme de brincadeiras, dicas para brincar com os olhos e o coração!

  1. dina carla bandeira diz:

    excelente o seu trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *