História da Folhinha de outono

De 21 de março a 20 de junho é a estação do outono. Uma característica dessa época são as folhas secas caindo das árvores e a mudança da temperatura … o frio vem chegando! Mas a temperatura na sala pode ficar quente com uma historia bonita e a possibilidade de trabalhar expressão corporal e artes além do contato com a narração.

Baseado no conto A História de uma Folha de Leo Buscaglia

folhinha de outono secas

balão dicaRecolha com as crianças diferentes folhas (uma para cada criança, no mínimo) e desenhe com elas uma grande árvore numa folha de papel ou de jornal. Conte a história com a árvore desenhada e as folhas naturais. No final da história, quando as folhas “voam” peça para cada criança pegar uma folha da árvore e “voar” pela sala, como a folhinha da história.

História da Folhinha de Outono

Era uma época do ano chamada Primavera, antes do verão, quando o calor e o sol ficam muito quentes.

Em uma árvore do parque aqui pertinho, nasceu uma folhinha bem verdinha, toda enroladinha. Ela era uma folhinha pequenininha.

Com o passar do tempo ela foi se desenrolando e crescendo. Foi ficando grossa, maior e mais forte.

Quando o vento batia nas árvores do parque, a folha grande balançava, fazendo uma dança, junto com as outras folhas companheiras. É muito bonito de se ver e ouvir os barulho das folhas balançando ao vento. E a folha da nossa história gostava muito de dançar!

Quando o calor foi diminuindo e uma época do ano chamada outono foi chegando, a folha foi percebendo que ela e suas colegas estavam mudando de cor: algumas estavam mais amarelas, outras marrons e outras avermelhadas. Sentiu também que o vento estava mais frio e mais forte. Quando olhava para o chão, via outras folhas voando e caindo pelo parque.

Curiosa e assustada, a folha perguntou para os amigos galhos: o que está acontecendo com as folhas que estão mudando de cor e voando para longe das árvores?

Os galhos então explicaram para a folha que estava chegando o dia do grande voo da folhinha. Ela estava se vestindo com outra cor para sair voando pelo parque, enfeitando as ruas e dando lugar para as novas folhinhas que iam chegar quando o calor voltasse.

E assim aconteceu. Um vento forte puxou a folhinha que já estava amarelinha, para um voo lindo. Ela passeou por todo o parque. Viu a sua árvore de longe e percebeu como ela era grande e forte. Viu o lago dos patinhos. Viu as crianças brincando no balanço do outro lado da rua. E, no final do voo, se juntou a muitas folhas diferentes de outras árvores que nunca tinha conhecido.

Conquistas da Experiência

  • Possibilitar às crianças a experimentação de formas culturais de fazer perguntas, contar um caso, fazer pedidos, argumentar e narrar histórias.
  • Ampliar o repertório de conhecimento das crianças com relação às plantas.
  • Favorecer o jogo do faz-de-conta, estimulado pelo “mergulho” das crianças na narrativa da história.

No caso de ter utilizado as Dicas e ter agregado à narração as folhas verdadeiras e a “atividade do vôo”, as experiências propiciam:

  • Trabalhar com as sensações do tato na percepção das diferentes texturas dos materiais, formas, cores e rigidez.
  • Trabalhar a comunicação e as relações por meio das expressões do corpo.

Balão-Para-Saber-MaisSe você quiser ver outras atividades baseadas na natureza, leia: História: O coelhinho distraídoHistória: O leão e o ratinho;  História: Caramelo, o caramujoHistória – A menina e o sapo.

Se você quiser ler mais sobre o assunto, leia: Natureza, riscos e brincadeiras numa discussão que dá o que pensarApareceu a lagartixa na creche? Que tal transformar o fato no Projeto Lagartixa?

 

 

 

.

Postado em Planejamentos e Atividades e tags , , , , , , . Marcado com permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *