Projeto Pedagógico para o próximo ano: é hora de trabalhar em equipe! – parte 1

Final do ano é o momento de refletir, avaliar e replanejar o trabalho na creche. Pode ser também uma fase de ansiedades e incertezas para coordenação e equipe quanto à forma de elaboração do projeto pedagógico para o próximo ano.

cartaz reunião avaliação

 

capa documento Critérios para atendimento em crechesUma ótima dica para facilitar o processo é consultar o documento do MEC Critérios para um Atendimento em
Creches que Respeite
os Direitos Fundamentais das Crianças, de 2009.  Nele são apontados, de forma simples e objetiva, os critérios para um atendimento em creches que respeite os direitos fundamentais das crianças. São frases curtas com afirmações objetivas das práticas recomendadas para o trabalho com as crianças.

Desenvolvemos esse post com base no documento para propor um roteiro de reflexão e avaliação do ano que está por terminar e um caminho para elaborar a nova proposta pedagógica. Sem refletir sobre o que passou, o que percebemos como resultados nas crianças, o levantamento das questões complicadas e as formas como conduzimos as situações, não é possível planejar uma proposta conectada com a realidade e, consequentemente com uma perspectiva de resultados cada vez melhores.

Trabalho em equipe

IMAGEM reunião pedagógicaFazer uma convocação valorizando a importância da participação de todos gera uma boa adesão.

Reunir a equipe com conforto, numa atmosfera agradável e até com um gostoso lanchinho, pode trazer inspiração e unidade em torno da elaboração da proposta.

Registrar os comentários e contribuições de todos e organizá-las por tema também ajuda a estruturar o pensamento.

Então … é só organizar o seu roteiro de trabalho e colocar a mão na massa!

O que fizemos, como fizemos, o que percebemos e como avaliamos

Para orientar a discussão, colocamos uma sugestão de roteiro de perguntas movidas pelo documento Critérios para um Atendimento em
Creches, e imagens inspiradas na metodologia de Reggio Emilia.

seta1.Nossas crianças têm direito à brincadeira?

organização dos brinquedos Educação Infantil

  • Brinquedos disponíveis em todos os momentos e guardados de forma organizada
  • Rotinas reservam longos períodos para as brincadeiras livres, dentro e fora das salas
  • Salas organizadas para facilitar brincadeiras livres e interativas
  • Brincadeiras das crianças são valorizadas com a participação dos adultos, que acatam suas propostas

seta2. Nossas crianças têm direito à atenção individual?

  • Crianças são chamadas pelo nome. Apelidos são evitados
  • Crianças são ouvidas e vistas como indivíduos. Comemoramos seus aniversários
  • Adultos conversam e brincam nos momentos de trocas e banho
  • São respeitadas as variações de humor dos pequenos, bem como suas personalidades, procurando dar suporte quando necessário

seta3. Nossas crianças têm direito a um ambiente aconchegante, seguro e estimulante?

salas Educação Infantil

  • Salas claras, limpas, ventiladas, organizadas para permitir adequações aos diversos tipos de propostas de atividades

organização dos materiais Educação Infantil

  • Materiais organizados para favorecer a autonomia do acesso e a pesquisa
  • Creche limpa, arrumada, livre de objetos for a de uso e ou quebrados
  • Crianças também tem direito a ambientes calmos e a não participarem de atividades quando querem descansar ou simplesmente ficarem em contemplação
  • A creche costuma expor a produção das crianças valorizando a estética e a cultura produzidas pela infância

mostras e exposições da Educação Infantil

seta4. Nossas crianças têm direito ao contato com a natureza?

pátios Educação Infantil

  • Creche procura ter plantas e/ou canteiros
  • coleções da Natureza Educação InfantilCrianças  tem oportunidade de estar expostas ao sol, brincar com água, areia, terra, argila, pedrinhas, gravetos, folhas e outros elementos da natureza
  • Crianças incentivadas a conhecer, amar, respeitar e preservar a natureza, seus animais e plantas
  • Creche com janelas baixas com vidros transparentes que permitem ver o ambiente de fora
  • São organizados passeios para parques, jardins e zoológicos

espaços de Natureza Educação Infantil

5. Nossas crianças têm direito a desenvolver sua curiosidade, imaginação e capacidade de expressão?

  • O bairro, a comunidade do entorno, a cidade e o país, o mundo e as suas culturas fazem parte das propostas de atividades da creche

Cultura - Festas e Comeorações

  • As expressões dos pensamentos, as fantasias e as lembranças que as crianças trazem são valorizadas
  • São dadas oportunidades para as crianças desenvolverem brincadeiras e jogos simbólicos (o faz-de-conta)
  • São incentivadas as expressões por meio de desenhos (livres, não de “colorir”), pinturas, colagens e modelagens

instrumentos para musicalização Educação Infantil

  • Oportunidades de ouvir música, trabalhar musicalização, dramatização e expressão corporal fazem parte da rotina de propostas da creche

experiências de musicalização Educação Infantil

  • Crianças ouvem e contam histórias. Também tem acesso livre aos livros (mesmo sem saber ler), com espaços pensados para esse fim
  • Dúvidas e questões das crianças são consideradas e são buscadas informações para dar respostas adequadas
  • Crianças de diferentes idades costumam conviver para desenvolver novas habilidades e competências
  • Momentos de televisão/vídeo são incluídos somente se fizerem parte de conteúdo de apoio para pesquisas e projetos propostos pelas crianças

6. Nossas crianças têm direito a higiene e à saúde?
7. Nossas crianças têm direito a uma alimentação sadia?
8. Nossas crianças têm direito ao movimento em espaços amplos?
9. Nossas crianças têm direito à proteção, ao afeto e à amizade?
10. Nossas crianças têm direito a expressar seus sentimentos?
11. Nossas crianças têm direito a uma especial atenção durante seu período de adaptação à creche?
12. Nossas crianças têm direito a desenvolver sua identidade cultural, racial e religiosa?

Com tantos pensamentos lançados e refletidos, certamente a equipe terá uma matéria prima rica para elaborar o Projeto Pedagógico do próximo ano. Não perca o próximo post com dicas e orientações para a elaboração desse documento!

Postado em Coordenação e Gestão e tags , . Marcado com permalink.

Comentários para Projeto Pedagógico para o próximo ano: é hora de trabalhar em equipe! – parte 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *