Educação de 0 aos 3 anos: contribuições de Emmi Pikler

A especialista em Educação Infantil Suzana Soares vai aprofundar a relação bebê – educador na Abordagem Pikler-Lóczy a partir de março no curso oferecido pela CONVERSO Assessoria.  Tempo de Creche foi conversar com Suzana para compreender melhor os aprendizados do bebê nos primeiros anos com esta abordagem.

Cenas do filme

“Enquanto aprende a contorcer o abdômen, rolar, rastejar, sentar, ficar de pé e andar, (o bebê) não apenas está aprendendo aqueles movimentos como também o seu modo de aprendizado. Ele aprende a fazer algo por si próprio, aprende a ser interessado, a tentar, a experimentar. Ele aprende a superar dificuldades. Ele passa a conhecer a alegria e a satisfação derivadas desse sucesso, o resultado de sua paciência e persistência.”

O que o seu bebê já consegue fazer?  (What can your baby do already?), Emmi Pilker, Hungria / 1940

Tempo de Creche  – Vamos iniciar a nossa conversa perguntando, quais são os principais aspectos desta abordagem?

Suzana – Há dois aspectos fundamentais na Abordagem Pikler-Lóczy. Um deles é a valorização do vínculo entre bebê e educadora (ou mãe) e o outro é o brincar livre. Depois de ser nutrido emocionalmente com uma interação profunda, o bebê fica em um local confortável e seguro, no chão sobre madeira ou tecidos, junto com outros bebês, para que se relacione com eles e com objetos lúdicos e pesquise, por ele mesmo, as maneiras possíveis de movimentação. Os educadores observam e atuam quando necessário.

Tempo de Creche  Como se dá a construção de vínculos bebê e educador?

Cenas do filme 1Suzana – A construção do vínculo entre bebê e educadora (ou mãe) se estabelece através dos cuidados diários, no banho, na troca de fraldas, na alimentação e na preparação para o sono. Nestes momentos a educadora tem um encontro singular e sem pressa com o bebê, conversa com ele olhando em seus olhos, informa sobre cada uma das atividades que irá realizar, convidando-o a participar de maneira ativa. A educadora estimula a reciprocidade ao pedir desde muito cedo a colaboração da criança nas atividades dos cuidados cotidianos. A criança se torna protagonista da ação, e não ela. Em muitas situações, o sentimento de competência da criança é bloqueado pelo adulto. Sob o pretexto de ajudá-la ou estimulá-la, ele priva a criança de finalizar a ação que ela começou.

Tempo de Creche – Por que é importante deixar a criança em um espaço seguro para que ela se movimente livremente?

Suzana – Emmi Pikler mostrou em seu livro Mover-se em Liberdade, que o desenvolvimento motor se produz de modo espontâneo, mediante a atividade autônoma, em função da maturidade orgânica e nervosa. Sendo assim, as crianças com boa saúde física e psíquica passam por todas as etapas da motricidade por sua própria conta e em determinada ordem, sem que os adultos precisem ensiná-las a sentar, engatinhar ou mesmo andar. Não é bom adiantar nenhuma fase, nem colocar a criança em uma posição que não tenha sido conquistada por ela mesma.

Tempo de Creche – E o brincar?

AbordagemSuzana – É outra situação muito valorizada para esta abordagem.  O brincar livre. Depois de receber os cuidados básicos com a plena presença e atenção do educador, as crianças com mais de três meses de idade são colocadas em uma superfície firme e plana, onde desenvolvem as suas capacidades motoras, exploram o ambiente e os objetos simples e de fácil manuseio que são colocados à sua disposição. O brincar livre proporciona o desenvolvimento motor, cognitivo e a autonomia. Como afirma Piaget, a assimilação sensório-motora conduz a uma certa lógica que organiza o mundo real, estruturando categorias de ações que embasam as futuras operações do pensamento.

Neste momento, cabe ao educador a tarefa de organizar o espaço destinado ao brincar, para que este seja ao mesmo tempo seguro, instigante, e que contenha brinquedos adequados a cada faixa etária, além de acompanhar as crianças o tempo todo, sem no entanto interromper a pesquisa das crianças para propor outras formas de exploração dos brinquedos.

Tempo de Creche – Registro e observação é um tema muito importante para a equipe do Tempo de Creche. Como ele é trabalhado na Abordagem Pikler-Lóczy?

Suzana – O papel de observação das educadoras é facilitado pela escala de desenvolvimento criada pela equipe de pesquisadoras de Lóczy. Trata-se de um roteiro que acompanha as conquistas do desenvolvimento infantil e engloba cinco áreas do desenvolvimento: motricidade, atitudes durante os cuidados, vocalização e palavra, controle dos esfíncteres e desenvolvimento intelectual. Esta escala é bem elástica e considera as questões singulares de cada criança.

Segundo Emmi Pikler é possível ocorrer diferença entre uma criança e outra, de vários meses, sem que isto represente um atraso ou algum problema. O importante é observar se a criança está de fato ativa, treinando as capacidades já adquiridas e obtendo novas aquisições, mesmo que não sejam tão “espetaculares”.

Neste curso os participantes terão a oportunidade de analisar e receber os roteiros orientadores para a observação.

Balão-Para-Saber-MaisLeia também 
Sites e Páginas
Filmes

barrinha colorida fininha

CONVERSO Assessoria Pedagógica: Curso

  • Contribuições da Abordagem Emmi Pikler para a Educação de 0 a 3 anos
  • Período: de março a junho. Encontros quinzenais as quintas feiras.
  • Horário: das 19h às 22h
  • Local: rua Bartira, 580, Perdizes, São Paulo, SP

Informações e inscrições

  • E-mail: secretaria.converso@gmail.com.
  • Fone: 11. 3864.8201, 3228.0809, 986.872.272

barrinha colorida fininha

Suzana Soares

Especialista em Educação Infantil pelo ISE, pós-graduada pela ECA-USP e graduada em Comunicação, Social pela PUC-SP. Formada em dança, artes plásticas e eutonia desde 2009 estuda a Abordagem Emmi Pikler. Aprofundou seus conhecimentos em Budapeste com Anna Tardos, filha de Emmi Pikler. É conselheira consultiva do Movimento Internacional Aliança pela Infância, coordena projetos de educação social e trabalha com formação e consultoria pedagógica na rede pública. Co-autora dos livros “O Acolhimento de Bebês: práticas e reflexões compartilhadas”. A Primeira Infância na Cultura de Paz” e “Fontes para a Educação Infantil”, entre outros.

Postado em Desenvolvimento Infantil, Palavra de... especialista e tags , , , , , , . Marcado com permalink.

9 Comentários para Educação de 0 aos 3 anos: contribuições de Emmi Pikler

  1. MARIA DA CONCEIÇÃO SOUSA LINO . diz:

    Nesse sentido é que a criança sempre influenciada pela sociedade, pela circunstância social. A liberdade é lhe retirada ao conhecer o mundo ao seu redor, elabora e expressa sentimentos de emoções, relaciona com o mundo em que vive. Que a criança deveria ser educada em liberdade e desfrutar na vida a cada fase da infância, expressando assim sentido, emoções e corpo físico e que a razão se formará na sequência do seu desenvolvimento.
    Pikler, a valorização do vínculo, a questão do sentimento de competência da criança é bloqueada pelo adulto, podando suas ações, deixando inacabada. Não é saudável para o desenvolvimento da criança queimar etapas, adiantando alguma etapa de sua vida, lhe colocando em situações de não conquista por ela mesma criança.

  2. Yuri Branco diz:

    Ótimo artigo!
    Viram que agora existe o livro da abordagem Pikler?
    http://www.omnisciencia.com.br/abordagem-pikler-educacao-infantil/p

  3. Fabiane Gomes diz:

    Olá pessoal,
    Muito me interessa saber mais sobre a abordagem Pikler Loczy. Participei, neste último final de semana, do I Simpósio Internacional sobre a Primeira Infância. Os temas levantados me instigaram ainda mais a pesquisar sobre essa abordagem. Foi então que encontrei o site Tempo de creche. Parabéns, por compartilhar conosco saberes, vídeos e textos ricos em informações.
    Encontro muitas informações sobre os trabalhos desenvolvidos com os bebês. Uma sugestão, e confesso que uma necessidade de saciar a minha curiosidade, é abordar mais temas sobre brincadeiras e jogos simbólicos para crianças acima de 1 ano e meio, segundo a abordagem Pikler.

    Com afeto,
    Fabiane

  4. marcia diz:

    Por favor coloque a venda videos dos filmes,do banho,precisamos de materias para trabalhar com professores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *