Patrícia Durães fala da importância do cinema na formação

A diretora do Grupo Espaço de Cinema e uma das curadoras do Ciranda de Filmes, Patrícia Durães reconhece nos filmes  uma experiência que sensibiliza, mobiliza e transforma. Em seu convívio com educadores tem a certeza de que a proposta de um mergulho cultural através do cinema é de uma força e riqueza infinita.  Patrícia contou um pouco desta experiência para o Tempo de Creche.

patriciaTempo de Creche – Qual a importância do cinema para a vida do professor?

Patrícia – A experiência cinematográfica provoca o pensar e desenvolve uma competência para ver e ler o mundo. O cinema é uma expressão artística e como arte, encanta, sensibiliza, mobiliza e  transforma. O filme por si só lança o espectador dentro de realidades complexas, dramáticas, poéticas e o faz retornar modificado, com um novo olhar para a sua própria realidade. A arte, o lúdico e o conhecimento estão sempre juntos, é aí que está a força na relação cinema e educação.

Tempo de Creche – Como tem sido a frequência dos professores no seu projeto Clube do Professor? Vocês conseguem perceber algum resultado?

Patrícia – O Clube do Professor acontece em 10 cidades do país com um índice de frequência variado. As cidades onde atuamos desde 2001, temos uma média de 200 a 400 professores por sábado e as cidades onde desenvolvemos a atividade de 2008 para cá, temos uma média de 100 a 200 professores nas sessões.

Ao longo desses anos, coordenando o Clube do Professor, tenho tido o privilégio de poder compartilhar com os professores momentos de encantamento e crescimento a cada sessão que participo. Recebo muitos depoimentos falando das mudanças ocorridas em suas vidas pessoais e profissionais, depois do contato mais frequente com o cinema. O convívio com educadores, de várias regiões do país, fortalece a minha certeza de que a proposta de um mergulho cultural através do cinema é de uma força e riqueza infinita.

Tempo de Creche – Como você vê a Ciranda de Filmes na formação de educadores?

Patrícia – A Ciranda além de apresentar uma diversidade não só na programação de filmes, traz para a roda outras manifestações artísticas, vivências sensoriais e poéticas. Ela também proporciona o encontro entre pessoas e promove uma troca de saberes. Isso tudo junto, inspira, enriquece, provoca mudanças na forma de olhar e atuar no mundo.

Balão-Para-Saber-MaisTempo de Creche publicou uma experiência em sala com o filme Sementes no nosso quintal, de Fernanda Heinz Figueiredo, apresentado no Ciranda de Filmes 2014.

Conheça mais da programação do Ciranda de Filme no Tempo de Creche, post O universo infantil em filmes e na página do Ciranda de Filmes no Facebook. Para conhecer o Clube do Professor entre em seu site 

barrinha colorida fininha

Patrícia Durães – diretora do Grupo Espaço de Cinema, criadora do Projeto Escola no Cinema e do Clube do Professor e colaboradora do Festival da Juventude da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Na distribuidora Espaço Filmes, é responsável pelo lançamento de filmes infantis no Brasil e também é curadora da Ciranda de Filmes.

Postado em Ampliação Cultural, Palavra de... especialista e tags , , , . Marcado com permalink.

2 Comentários para Patrícia Durães fala da importância do cinema na formação

  1. Conceição Miranda diz:

    Só parabenizar a mentora de tudo isto. Um tema que muito me atrai.Criei e implementei uma tentativa de Projeto na Fundação Cultural do Estado da Bahia a qual chamei de Formação de Platéia em Cinema onde também previa a interlocução com noções do fazer fílmico. Uma das propostas trabalhar com o professor e alunos dos conhecimentos do campo cinematográfico. Obrigada. Conceição Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *