Atividade: a arte da arquitetura para crianças

Atividade Ser Humano bonecos

Arquitetura é para todos, inclusive para crianças!

E por quê podemos pensar em arquitetura para crianças? Porque arquitetura é a arte de pensar os espaços em que vivemos. Porque faz parte do desenvolvimento das crianças construir sua ocupação nos espaços, nos tempos e nas relações. E os ambientes tem tudo a ver com isso!

Captura de Tela 2014-11-06 às 21.26.49Nesse sentido, Amag!, uma revista virtual de arquitetura para crianças, realizada por arquitetos-artistas de vários países, apresenta artigos e propostas lúdicas para que crianças experimentem, investiguem e se relacionem com esta arte que nos cerca, nos abriga e nos envolve.

Tempo de Creche conheceu o site e a iniciativa e destacou uma atividade que vai cativar e favorecer muitas pesquisas e descobertas.

O Ser Humano

Uma das questões da arquitetura é pensar o homem nos ambientes e as possibilidades de vivência nas situações que se apresentem. Esta proposta trabalha com as crianças e experimentação das escalas, isso é, as proporções de um ser humano feito de rolinhos de papel, que possa frequentar diversos ambientes pequenos e concretamente proporcionar a noção dos espaços em relação ao tamanho e aos possíveis movimentos do boneco.

Ser Humano tabela 1Ser Humano tabela 2

1. Fazer os ambientes

Professor, sugerimos uma organização para as atividades estruturada em três momentos: 

  • 1o momento: Despertar para atividade
  • 2o momento: Explorar o material
  • 3o momento: Acabando a brincadeira suavemente…

Para entender um pouco mais sobre esta proposta acesse o post Educação Infantil: Planos e Propostas no Blog Tempo de Creche.

DESPERTAR PARA A ATIVIDADE

Crianças de 2 a 3 anos

Numa roda você pode aquecer os motores dos pequenos para o desenho. Cantar uma música conhecida com gestos desperta e prepara o foco. Fazer um Siga o Chefe, propondo movimentos e aproveitando as propostas da própria garotada também se constitui numa brincadeira introdutória.

Crianças de 3 a 4 anos

Numa roda pode cantar uma música que tenha como tema a casa. Depois, conversar sobre a casa de cada um:

  •       Quem tem uma casa?
  •       A casa é grande ou pequena? (fazendo gestos fica mais ilustrativo!)
  •       Tem gente na sua casa?
  •       Tem cama?
  •       Tem quarto?
  •       Tem cozinha?
  •       Tem plantinha?
  •       Tem bichinho?
  •       Tem teto alto?

EXPLORAR O MATERIAL

Depois de promover o despertar, pode fazer os combinados dos trabalhos de artes (pegar um lápis/giz de cada vez, guardar depois de usar etc.), apresentar os materiais de desenho/pintura, propor que pensem na casa e façam o trabalho.

ACABANDO A BRINCADEIRA SUAVEMENTE…

Para finalizar, convide as crianças para arrumarem a sala, guardando os materiais. Propondo a realização dessas tarefas de forma lúdica, você vai trocar de brincadeira ao invés de simplesmente acabar com a brincadeira de desenho ou pintura. Dessa forma não haverá resistência e poderá trabalhar com os pequenos arrumação e organização, que também fazem parte dos campos de experiência destacados nas Orientações Curriculares.

 

2. Fazer o Ser Humano e viver a Arquitetura

DESPERTAR PARA A ATIVIDADE

Fazer uma roda e cantar uma música com tema das partes do corpo. A música Cabeça, ombro, joelho e pé, da Xuxa,

é bem bonitinha e desenvolve esses conteúdos. Gestos para acompanhar a música ampliam a experiência.

EXPLORAR O MATERIAL

Atividade Ser Humano fazendo bonecosTrazer os desenhos e pinturas (se houver) e apresentar para a turma. Perceber se reconhecem as próprias produções e se existem histórias relatadas sobre o que foi realizado. Colocar o desenho coletivo no chão. Se tiver trabalhado com as caixas e embalagens, colocar no espaço também.

 

instruções Ser HumanoCrianças de 2 a 3 anos

Apresentar os canudinhos de papel e deixar que as crianças explorem o material. Enquanto isso, montar os bonecos Seres Humanos e ir entregando para cada criança. Depois de distribuir para todos, perceber como as crianças brincam e pesquisam os bonecos e valorizar as contribuições da turma. Se as crianças não associaram brincar com os bonecos e o desenho ou as caixas, procure estimular sutilmente.

 Crianças de 3 a 4 anos

Apresentar os canudinhos de papel já feitos. Deixar que explorem o material. Entregar as folhas de jornal ou revista, os lápis e convidar a turma para fazer também. Mostre o processo (trabalhar as pontinhas dos papeis pode facilitar). Corte pedaços de fita adesiva para arrematar.

Apresente um boneco pronto. Mostre para os pequenos e pergunte quem gostaria de fazer. Acreditamos que a resposta vai ser um grande SIM!

Mostre para as crianças como dobrar os canudinhos e pode ir colando junto com eles.

Depois de ajudar a fazer bonecos para todos, perceber como as crianças brincam e pesquisam. Não esquecer de valorizar as contribuições da turma. Colocar objetos de uso frequente (copos, potes, baldinhos, caixotes, bacias, garrafas pet, plantas, banquinhos etc.) no espaço para que as crianças percebem os contrastes entre os tamanho do boneco e dos objetos. Se as crianças não associaram brincar com os bonecos e o desenho ou as caixas, procure estimular sutilmente (olhem, o meu boneco cabe aqui! Mas não cabe aqui!!!).

Atividade Ser Humano nos ambientes

ACABANDO A BRINCADEIRA SUAVEMENTE…

Quando perceber que a brincadeira está se esgotando, você pode encaminhar a finalização. Convide as crianças para colocarem os bonecos nas casas para descansarem (colando os mesmos no desenho os colocando nas caixas). A brincadeira será então alojar os bonecos que já estão cansados!

No caso do desenho coletivo com os bonecos colados, pendure numa parede para exposição. Convide também para ajudarem na arrumação da sala.

Reúna a turma em roda para uma conversa resgatando a memória da atividade. Pergunte se gostaram, como os bonecos foram feitos, se tinham nome, casa, se brincaram … Ufa! Quanta coisa divertida e interessante para contar!

barrinha colorida fininha

Ser Humano é um projeto da arquiteta finlandesa Jaana Räsänen, que também é professora de  de arquitetura para crianças e adultos. Foi publicado em 2012, no Artigo 4 da revista Amag.

Esta e outras propostas originais estão disponíveis no site da Amag, em espanhol e inglês.

Vale a pena visitar porque são projetos de diversos artistas que favorecem a interação das crianças com a arte da arquitetura.

barrinha colorida fininhaPara aprofundar o conhecimento a respeito do desenvolvimento das noções espaciais na infância recomendamos o video Pensamento Infantil – Noções de espaço, no site da Nova Escola.

Postado em Planejamentos e Atividades e tags , , , . Marcado com permalink.

4 Comentários para Atividade: a arte da arquitetura para crianças

  1. ellen ribeiro de lima diz:

    obrigada! Ajudou muuuuito

  2. Cecilia diz:

    Está cada dia mais gostoso passear nesse blog e aprender com vcs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *